Telefone
São Paulo (11) 3191-5000

A OMA na mídia

5 dicas para escolher eletrônicos que vão durar mais

Como todos já sabemos, a produção de lixo eletrônicos mundo a fora vem aumentando muito ao longo dos últimos anos. Mas o que será que podemos fazer para diminuir esse volume, sem deixar de consumir novos produtos? Essa é uma pergunta difícil de ser respondida, mas o CONSUMO CONSCIENTE é a solução que procuramos. O surgimento de novas tecnologias constantemente faz com que os aparelhos antigos, mas que ainda funcionam, sejam cada vez menos atrativos para os usuários. A impossibilidade de fazer melhorias de software e hardware é muito comum e a única solução para o usuário é, muitas vezes, descartar um aparelho em pleno funcionamento. Isso porque o lucro é ainda a peça mais importante desse processo para aqueles que produzem os eletrônicos. Mas nós podemos fazer a nossa parte! Na hora de comprar um novo aparelho, fique atento aos seguintes aspectos:  1- Tempo de garantia dos aparelhos. Se o tempo de garantia for muito pequeno, provavelmente você não terá assistência para troca de peças e a vida útil desse aparelho será muito pequena.   2- Estudos mostram que 24% dos laptops tem algum problema de hardware nos primeiros 3 anos de uso. Será que não é interessante adquirir uma garantia estendida?  3- Impressoras são as campeãs de descarte. Hoje o preço de uma impressora é tão baixo que normalmente não vale a pena consertá-la. Que tal comprar uma boa que dura 3 anos e não 1 por ano? Faça as contas.  4- Pergunte sobre a periodicidade da atualização dos softwares e se o aparelho que está comprando será compatível e/ou terá memória para suportar as próximas 2 atualizações, pelo menos.  5- Pequenos eletrônicos normalmente vem com baterias recarregáveis, que podem ficar viciadas ou não funcionar da maneira correta após um certo tempo de uso. Dê preferência aos aparelhos que permitam a troca fácil dessas baterias para o aumento do seu tempo de vida útil.  É super importante também optar, sempre, pelo conserto ao invés da troca. É difícil não ceder à tentação de ter um novo modelo ou de simplesmente comprar uma nova impressora e jogar aquela que deu defeito, “fora”. Mas o fora não existe! Então, dê uma segunda chance pra todos os seus eletrônicos! E, quando isso não for mais possível, descarte corretamente, combinado?
 

Compartilhar