Telefone
São Paulo (11) 3191-5000
Ribeirão Preto (16) 3441-1189

A OMA na mídia

Apesar da crise, momento é bom para investir em imóveis

Apesar do cenário atual ruim para a economia, especialistas em mercado imobiliário afirmam que o momento é bom para o investimento. Isso porque, além de o imóvel ser considerado um dos bens mais seguros em época de instabilidade econômica, as construtoras estão dispostas a fazer boas negociações.

De acordo com o vice-presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Minas Gerais (Sinduscon-MG), Evandro Negrão de Lima Júnior, janeiro último foi melhor que qualquer mês de 2015 para o setor. “As pessoas já perceberam que, realmente, quem comprar agora não fará um negócio ruim. Os preços estão estáveis porque há muito estoque. Se deixar para comprar depois, certamente vai comprar mais caro, porque novos imóveis serão lançados”, explica.
O executivo acrescenta que, diferentemente do que possa parecer, um imóvel adquirido nesse período vai sofrer valorização com os novos lançamentos. “Apesar dos projetos aprovados, as construtoras não estão lançando, vão vender o que já está pronto para lançar depois com um valor mais alto. Então, quem comprar, hoje, vai comprar abaixo do que virá. Logo, é uma compra que vai se valorizar.”

Para Lucas Couto, diretor comercial e de marketing da Patrimar Engenharia, imóvel é um investimento sólido. “É um bem de raiz, as pessoas passam a investir em coisas que independem de outra e o momento agora é do comprador. As incorporadoras estão abrindo mão de algumas coisas que facilitam o ato da compra.”
Os números da construtora em 2015 seguiram na contramão da instabilidade do segmento. O executivo conta que foram vendidos quase todos os imóveis dos empreendimentos lançados no ano passado. “Levando em consideração o mercado que temos, tivemos muito sucesso quando saímos da normalidade. A visão da Patrimar é que o mercado existe e que a procura continua.”

Rodrigo Resende, diretor de marketing e vendas da MRV Engenharia, também destaca o bom momento para o comprador. “Estamos oferecendo imóveis dentro da nova etapa do programa Minha casa, minha vida. Então, há 30 dias, por exemplo, não tínhamos apartamentos no Bairro Castelo dentro desse programa. Agora, temos. Como temos também no Bairro Cabral, perto do Shopping Contagem. Fora do programa, não havia subsídios, os juros eram mais altos. Em algumas regiões, é possível encontrar imóveis de médio e alto padrão com condições melhores para compra, mas a oferta está limitada.”

Miguel Safar Filho, diretor-geral da Concreto Empreendimentos, afirma que a incorporadora, por exemplo, já está com dois lançamentos engatilhados. “Neste momento, estamos lançando dois grandes empreendimentos. Um deles é o Green Tower, localizado no Bairro Vila da Serra, em Nova Lima, com apartamentos de aproximadamente 260 metros quadrados e um exclusivo espaço My Office por apartamento para quem quer ter a praticidade e comodidade de realizar reuniões de trabalho sem sair de casa. Já o Quintas da Liberdade está, estrategicamente, localizado no Bairro Funcionários, próximo à Praça da Liberdade, com um apartamento – tipo por andar de 294 metros quadrados e a cobertura mais nobre da região, com quase 600 metros quadrados.”

Fonte: site.cte.com.br – CTE (Centro de Tecnologia de Edificações)

Compartilhar