Telefone
São Paulo (11) 3191-5000
Ribeirão Preto (16) 3441-1189

A OMA na mídia

Aprenda como começar a economizar para a compra da casa própria

Com simples hábitos de planejamento financeiro é possível realizar o sonho da casa própria.

Você nunca deve pensar que ter a casa própria é um sonho impossível. Fazendo um planejamento financeiro e se preparando para a compra com alguns anos de antecedência, com certeza você conseguirá realizar esta conquista. A maioria das pessoas não sabe por onde começar a se planejar. Confira o que dizem os especialistas:

1) Guarde o dinheiro assim que receber

Muitas pessoas deixam para guardar o dinheiro apenas no fim do mês, isso faz com que não consigam guardar quase nada. Por isso os especialistas indicam que a pessoa reserve uma parte do seu salário assim que ele cai na conta. Dessa forma você nem considera este valor, é como se recebesse um pouco menos. Isso vai fazer com que você se obrigue a guardar dinheiro e a ideia é guardar o máximo que conseguir. Se mora com os pais, tente guardar 30% do seu salário, que é o máximo recomendado a ser gasto com moradia caso você morasse de aluguel, por exemplo.

2) Evite parcelamentos

Parcelar as compras torna a economia a longo prazo mais difícil. Sem acumular dívidas, você fica com o orçamento livre para pagar, por exemplo, as parcelas de um consórcio ou financiamento. Se você começar a comprar à vista também pode conseguir descontos e condições especiais, o que normalmente não é oferecido nas compras parceladas.

3) Saiba como você gasta seu dinheiro

A maioria das pessoas não sabe como gasta seu dinheiro. No fim do mês simplesmente parece que o dinheiro evaporou. Isso acontece porque as pessoas não anotam seus gastos. Assim, de “cafezinho” em “cafezinho” acabam gastando um dinheirão. Comer fora de casa e comprar roupas em promoção, por exemplo, pode significar um grande gasto no fim do mês. Se você tiver controle sobre seus gastos, vai ficar mais fácil entender onde pode economizar.

Depois de planejar as suas economias, você deve pensar em ter uma reserva de emergência e começar a analisar as formas de pagamento que mais se adequam ao seu perfil.

 

Fonte: blog Netimóveis

Compartilhar