Telefone
São Paulo (11) 3191-5000

A OMA na mídia

Cohousing: dividir despesas sem morar junto

Moradias compartilhadas e sustentáveis sinalizam novos tempos

O chamado “cohousing” (ou vilas urbanas) é um modelo de comunidades cooperativas, onde o compartilhamento é a premissa básica. Nesse formato de convivência, as habitações são construídas (intencionalmente) próximas umas das outras, como uma vila, com áreas comuns e de convívio.

As áreas comuns geralmente são lavanderias de uso geral, horta, oficina, biblioteca, refeitórios e espaços infantis. A ideia é compartilhar para diminuir o consumo, o impacto ambiental e praticar a boa vizinhança.

Outro grande diferencial é o apoio mútuo, até mesmo as compras podem ser coletivas, representando um ganho em praticidade e tempo. Avaliando pela perspectiva da economia colaborativa ou economia compartilhada, é uma opção que sinaliza os novos tempos e está alinhada ao debate de um novo modelo de consumo e expectativas.

Embora pareça novidade, esse modelo de comunidade cooperativa dentro de ambientes urbanos já existe há algumas décadas em diversos países de todo o mundo.

Oportunidade para a melhor idade

No contexto de oportunidades, considerando a longevidade da população mundial, também pode ser uma solução interessante, afinal, moradias baseadas em rede de serviços integrados e conveniências atenderão o mercado da terceira idade no crescimento dessa população nos próximos anos.

E você, apostaria em viver coletivamente e compartilhar recursos? Compartilhe conosco sua opinião.

Fonte: Netimóveis

Compartilhar