Telefone
São Paulo (11) 3191-5000
Ribeirão Preto (16) 3441-1189

A OMA na mídia

Gás Natural

Como funciona e quais as vantagens para o condomínio

Gestores por excelência, síndicos têm o desafio permanente de buscar soluções e fornecedores que apresentem eficiência e segurança para os condôminos. E um item que sempre envolve muitas dúvidas é relacionada ao sistema de abastecimento de gás – insumo utilizado sobretudo na cozinha.

Uma alternativa ao uso do botijão de GLP – seja o pequeno, que fica dentro da unidade ou aos maiores, agrupados em uma central no condomínio – é o gás natural canalizado.

O gás natural também é conhecido como gás canalizado, uma vez que este gás não se vende em botijões.

Para usá-lo em sua unidade, o condomínio deve estar ligado a uma rede de gás, assim como a água que chega a sua torneira.

Como funciona

Primeiro é importante saber se há rede de gás no seu bairro. No estado de São Paulo, a Comgás já atende a 79 dos 177 municípios de sua área de concessão: cidades da Região Metropolitana de São Paulo, da Região Administrativa de Campinas, da Baixada Santista e do Vale do Paraíba já podem contar, em muitos bairros, com essa alternativa.

Havendo a rede de gás disponível, o condomínio, caso seja novo (com menos de dez anos), é provávelque necessite de poucas adaptações para receber o gás canalizado

Em condomínios mais antigos a situação é um pouco diferente. Caso haja uma central de gás – que geralmente fica na garagem ou no subsolo- a empresa concessionária consegue usar a infraestrutura local para fazer a distribuição do gás.

Nesse caso, o local fica apenas um dia sem gás, para que a instalação seja feita de maneira segura para todos.

Se o condomínio não contar com essa configuração – e se as unidades forem servidas por botijão – o empreendimento deverá passar por uma obra para receber o gás canalizado

“Quando a situação é essa, nós sempre vamos ao condomínio e explicamos detalhadamente como será essa adequação”, explica Simone Teresa Lopes Nunes, gerente de canais de vendas diretas e indiretas da Comgás.

A obra é realizada por uma empresa parceira da Comgás, e o tempo de obra para deixar o empreendimento apto a receber a tubulação e o valor da reforma pode variar conforme o tipo de projeto e as condições técnicas de cada condomínio.

A reforma envolve a instalação de uma prumada que leve o gás da rua até as unidades, de acordo com o que mandam as normas técnicas de segurança.

Quórum

Se o condomínio precisar de obras para receber a tubulação de gás, é fundamental que essa opção seja referendada em uma assembleia.

Para aprovar a alteração é necessária a anuência de 50% mais um dos condôminos, uma vez que uma obra do tipo é considerada útil.

Vantagens

“Acreditamos que o gás natural é muito mais seguro que o GLP, uma vez que ele não fica dentro da unidade, não demanda manuseio, e não fica pressurizado em um botijão. Outro ponto positivo é o fornecimento contínuo – o que evita que o cliente fique sem gás e, ainda, a circulação de pessoas estranhas para troca de botijões ou recarga, aumentando a segurança do condomínio”, enumera Simone Teresa Lopes.

A conta proveniente do consumo do gás natural é individualizada, o que ajuda a manter os gastos nos trilhos, diferentemente de quando não há essa possibilidade, e o consumo do condomínio é rateado entre todas as unidades de maneira uniforme.

Outro pró a ser considerado é que o gás natural é considerado mais limpo que o GLP, o que favorece o meio ambiente.

Vale lembrar que o gás natural tem o mesmo poder que o GLP. Ou seja: suas refeições não vão demorar nem mais e nem menos para ficarem prontas, assim como seu banho também não sofrerá alterações.

“Diferente do botijão, cujo preço oscila dependendo da região, nosso produto tem o mesmo valor para todos os nossos consumidores”, ressalta Simone.

As tarifas do gás natural são reguladas pela Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp).

Manutenção e emergências

Após o condomínio começar a receber o gás da Comgás a manutenção, cuidados com medidores, leitura, é tudo feito pela empresa – que oferece serviço 24 horas para os consumidores.

“Os clientes ficam mais tranquilos, pois sabem para quem ligar, e que qualquer situação será resolvida”, informa Simone.

A Comgás tem o compromisso de chegar em até uma hora caso haja uma emergência no condomínio relacionada ao fornecimento de gás.

Fonte: www.sindiconet.com.br

Nota: Esse tipo de texto publicitário serve para que um anunciante escolhido pela equipe do SíndicoNet explique como funciona seu produto ou serviço de maneira diferenciada. O SíndicoNet não trabalha com matérias pagas, e essa é a nossa maneira de lhe dizer que esse conteúdo é publicitário, e que foi escolhido cuidadosamente para você, nosso leitor. Isso reafirma o nosso compromisso com a transparência do nosso conteúdo.

Compartilhar