Telefone
São Paulo (11) 3191-5000
Ribeirão Preto (16) 3441-1189

A OMA na mídia

Preços dos aluguéis têm queda real de 6,76% em 12 meses

Apesar de ter registrado aumento no primeiro trimestre do ano, o valor médio do aluguel residencial ainda sobe abaixo da inflação, mostra o Índice FipeZap

São Paulo – O preço médio dos imóveis anunciados para locação teve queda real de 6,76% nos últimos doze meses, segundo o Índice FipeZap de Locação, que acompanha a variação nos valores de residências anunciadas em 15 cidades brasileiras.

Apesar de ter subido pelo terceiro mês consecutivo, acumulando uma alta de 0,47% no primeiro trimestre, o mercado de aluguel ainda está mais favorável para locatários do que para os donos de imóveis se forem levados em conta os últimos 12 meses encerrados em março. Reajustes: A Superlógica te conta como comunicar ao locatário sobre reajuste de aluguel Patrocinado 

Novamente, os preços de locação subiram bem abaixo dos demais preços da economia. Enquanto a inflação medida pelo IPCA nos últimos 12 meses foi de 4,57%, a queda nominal do Índice FipeZap de Locação foi de 2,5%. Ou seja, o índice teve queda real de 6,67% no período.

A queda real é registrada quando o valor de um determinado bem tem uma alta inferior ao aumento generalizado dos preços, medido por índices inflacionários, como o IPCA. Vale destacar que a variação real não é obtida com uma simples subtração. Para realizar o cálculo, é preciso dividir a oscilação dos preços pela variação da inflação.

Em todas as cidades pesquisadas, o preço médio dos apartamentos anunciados para locação ficou abaixo da inflação. Como o mercado está desaquecido, é recomendável pedir um desconto com o proprietário na hora de assinar um novo contrato.

Veja na tabela abaixo o comportamento dos preços de aluguel em março e nos últimos 12 meses nas 15 cidades pesquisadas pelo Índice FipeZap de Locação. Os valores foram ordenados do maior para o menor:

Cidade Variação do preço em março Variação do preço nos últimos 12 meses
Fortaleza 0,94% ND
Recife 0,71% 1,65%
Belo Horizonte 0,54% -0,27%
São Bernardo do Campo 0,36% -1,19%
São Paulo 0,31% -0,35%
Campinas 0,23% -6,47%
Distrito Federal 0,13% -1,62%
Salvador -0,02% -4,28%
Porto Alegre -0,02% -2,76%
Florianópolis -0,06% ND
Santos -0,06% 0,81%
Rio de Janeiro -0,11% -6,48%
Goiânia -0,15% ND
Niteroi -0,33% ND
Curitiba -0,64% -4,87%

O Índice FipeZap de Locação é desenvolvido em conjunto pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) e pelo site de classificados Zap Imóveis, com base em anúncios da internet. A pesquisa não incorpora no cálculo a correção dos aluguéis em contratos vigentes, cujos preços são reajustados periodicamente.

Fonte: Exame

Compartilhar