Telefone
São Paulo (11) 3191-5000
Ribeirão Preto (16) 3441-1189

A OMA na mídia

Quais as despesas com documentação na compra de imóvel?

Quem sonha em comprar imóvel, seja para morar ou como investimento, muitas vezes não tem ideia do valor para colocar a documentação do bem adquirido em dia. Para formalizar a aquisição, essa exigência se faz necessária.

De antemão, o melhor é saber o dinheiro a ser gasto para evitar surpresas de última hora. Se programar para esses custos extras é a melhor forma para evitar dores de cabeça desnecessárias.

O Imposto Sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) é um dos gastos de maior impacto para quem compra imóvel. É um imposto cobrado em todos os casos de transferência de propriedade. Quem arca com essa despesa é o futuro proprietário, ou seja, aquele que vai comprar o apartamento, a casa ou o terreno. O valor a ser pago em ITBI varia de acordo com o valor do imóvel e de cidade para cidade. A recomendação, para evitar sustos na hora de pagar o imposto, é verificar o valor cobrado diretamente na prefeitura.

Outro documento exigido na transferência de propriedade e de suma importância é o Registro de Compra em Cartório. É esse documento que transfere oficialmente a propriedade do vendedor para o comprador. O valor varia de estado para estado e obedece faixas de preço de acordo com o quanto vale o imóvel.

A escritura é outro documento fundamental. Representa o contrato de compra e venda. O valor a ser pago varia de acordo com o preço do imóvel e localização. Dica importante: Para que os gastos com documentação não fiquem tão caros, eles podem ser incluídos no financiamento bancário do imóvel. No total, os valores com todos os trâmites legais podem chegar a até 5% do custo do imóvel, em média.

Dica final para economizar na documentação do imóvel:

Apesar de muita gente não saber, a legislação permite um desconto de 50% no custo de registro e na escritura para aquisição do primeiro imóvel pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH). Uma boa dica para economizar nos custos obrigatórios exigidos. Vale a pena pesquisar sobre esse benefício para pagar menos.

E não esqueça: organizar toda a documentação é essencial para evitar problemas futuros ou até mesmo questionamentos judiciais. A lista de documentos vai além destes. Para mais informações sobre essa etapa na aquisição do imóvel, entre em contato com a OMA que nós te ajudamos no processo.

Fonte: Zap Imóveis

 

Compartilhar