Telefone
São Paulo (11) 3191-5000
Ribeirão Preto (16) 3441-1189

A OMA na mídia

Trabalhar em um ambiente sustentável é tendência em todas as profissões

Corretor deve se adaptar à nova realidade, ajudar o planeta e economizar no fim do mês

Você é amigo da natureza? Saiba que essa não é uma pergunta infantil ou sem importância. No mundo corporativo, em qualquer profissão, ter ambientes sustentáveis é mais do que ser politicamente correto. Lembre-se que isso pode ser notado pelos clientes e ajudar o seu bolso, com menos gasto. Economizar recursos naturais não é tão difícil. Use menos papel, diminua a conta de energia elétrica e separe o lixo reciclável. Tudo isso conta.

A arquiteta Cátia Ferreira lembra que um ambiente sustentável tem preocupação com os materiais utilizados desde a obra. Mas a adequação dos espaços já prontos é fundamental. “Por exemplo, com a colação de mesas nos locais mais iluminados, com luz vindo do lado esquerdo para os destros, a fim de não fazer sombra e dispensar a iluminação artificial”.

Cátia cita a importância do posicionamento dos móveis, evitando que sejam atingidos excessivamente pelo sol e que o calor gere necessidade de ar-condicionado. “Ventilação e controle de iluminação naturais, através de plantas, venezianas móveis ou mesmo um telhado verde. E podemos encontrar hoje móveis, revestimentos e utensílios para escritório, fabricados a partir da reciclagem de materiais”.

A arquiteta destaca que inclusive a decoração pode ser feita quando peças reutilizadas. “Até mesmo as cápsulas de café usadas por ser utilizadas como esculturas ou quadros para decorar o ambiente corporativo”.

A arquiteta Daniela Olivan concorda com o uso de muito verde e ventilação natural para diminuir o tempo de utilização do ar-condicionado. “Trocar as lâmpadas frias pela opção de LED, que são mais econômicas e têm uma vida útil maior, evitar uso de copos descartáveis, cada um pode levar sua própria xícara. E mesmo utensílios de mesa, como porta-canetas, pode ser potes reaproveitados”.

Fonte: Zap Pro

Compartilhar