Telefone
São Paulo (11) 3191-5000

A OMA na mídia

10 passos para você ter um dia a dia mais SUSTENTÁVEL

É tão comum ouvir a palavra “sustentabilidade” associada a empresas e ao governo que acabamos tendo a impressão de que ela não faz parte do cotidiano de um cidadão comum. Mas isso não é verdade! Cada um de nós é responsável pela maneira como as próximas gerações herdarão o mundo.
“Um modo de vida sustentável significa levar uma rotina sem comprometer o futuro do planeta. É um processo que não deve ser um peso para ninguém. Deve-se fazer o que está ao seu alcance”, explica Paula Zomignani, responsável pelo Portal Click Sustentabilidade. Para se alinhar a essa visão, não é preciso sacrifícios: pequenas mudanças de hábitos fazem toda a diferença.
Assim, propomos para você um desafio: que tal se tornar ecologicamente responsável? Confira a seguir 10 passos que ajudarão a preservar a Terra para as próximas gerações.
1. Economize água:
Para termos água potável por mais tempo, não adianta: é preciso poupar. Então, nada de ficar no chuveiro pensando na vida, Que tal também fechar a torneira enquanto se ensaboa ou escova os dentes? Outra ação importante é chamar um profissional para identificar vazamentos em casa. “Para se ter uma ideia, uma torneira pingando uma gota por segundo chega a desperdiçar 46 litros de água em um dia”, contabiliza Paula.
2. Dispense as embalagens:
Muitas vezes, o item nem é tão legal, mas ele vem em um arranjo tão fofo que aumenta a vontade de comprá-lo, certo? Então, pense em quantas vezes aquela embalagem linda acabou no fundo do seu armário sem qualquer utilidade… Pacotes só aumentam o volume de lixo! “Sempre que possível, dê preferência aos produtos de fácil reciclagem –. Lembre-se ainda de utilizar sacolas retornáveis quando for às compras.
3. Separe o lixo:
Resíduos orgânicos podem inutilizar o que é reciclável caso os dois se misturem. Evitar que isso ocorra não é difícil! Reserve um cesto de lixo para o material seco (vidros, plásticos, latas de alumínio, papéis, embalagens  longa vida etc.). Para outro cesto devem ir os chamados resíduos úmidos, como restos de comida e aqueles plásticos fininhos de embalagem. “Esse simples procedimento facilita todo o processo de reciclagem e também o trabalho dos catadores, que, muitas vezes, sobrevivem do que conseguem no lixo”, explica a profissional
4. Experimente os orgânicos:
Agrotóxicos prejudicam tanto o meio ambiente quanto a sua saúde. Por isso, alimentos orgânicos estão invadindo as prateleiras dos supermercados. É verdade que o preço deles costuma ser mais alto, pois são produzidos de uma maneira  individualizada e menos escalonada. No entanto, Paula acredita que esse cenário tende a ser alterado caso a procura aumente. “Se o mercado crescer, até as grandes empresas serão forçadas a mudar o seu método de produção”, diz.
5. Dependa menos do carro:
Sabemos que, muitas vezes, o seu automóvel é um facilitador. Mas antes de pegar a chave, faça a seguinte pergunta: existe outra alternativa para me levar ao meu destino? Pedalar, pedir carona a um amigo e até “mexer o esqueleto” em uma caminhada são maneiras eficazes de reduzir a emissão de CO2.
6. Valorize os produtos da sua região:
Ao comprar uma bolsa importada, leve em consideração que ela acarretou um grande gasto de combustível para chegar até o Brasil. Além disso, dar preferência ao mercado das cidades próximas colabora para o aquecimento da economia ao seu redor. “Desenvolvimento de locais carentes, inclusão social e amor e respeito ao próximo também estão associados à sustentabilidade”, define a empresária.
7. Ilumine-se conscientemente:
Quando as lâmpadas de casa queimarem, já sabe: troque-as pelas ecológicas. “As lâmpadas fluorescentes consomem 75% menos energia e duram de 6 a 10 vezes mais do que as incandescentes. Já as de LED podem economizar até 95% de energia e ter durabilidade 70 vezes maior”, afirma Paula.
8. Prefira eletrodomésticos econômicos:
Na hora de trocar a TV, o ar-condicionado ou a geladeira, opte pelos produtos que consomem menos energia. Para isso, basta procurar o selo do Programa de Combate ao Desperdício de Energia Elétrica (Procel).
9. Fique de olho na conta de luz!
Poupe energia. A partir de agora, que tal desligar o computador, as luzes, os eletrônicos que não estão em uso e tirar o carregador do celular da tomada?
10. Inspire outras pessoas:
Suas atitudes são contagiantes, e é pelo seu exemplo que aqueles que convivem com você terão vontade de cuidar do meio ambiente também. “Um pouquinho que cada um faz tem grande resultado para o planeta”, finaliza Paula.

Fonte: www.sanagua.com.br

Compartilhar