Telefone
São Paulo (11) 3191-5000

A OMA na mídia

Apartamento pequeno: Aprenda a mobiliar imóveis compactos

Os valores dos imóveis compactos são acessíveis e super atrativos, e cada vez mais pipocam os empreendimentos oferecendo o padrão de vida compacto. No entanto, no dia a dia, os moradores começam a perceber certas dificuldades, o que exige a adoção de alguns truques de decoração e design para ampliar o espaço e proporcionar mais comodidade e praticidade.

Mas afinal, que técnicas são essas? Já podemos adiantar que existem inúmeras opções, como o uso de móveis planejados e os revestimentos unificados.

Gostou da ideia e quer saber mais? Então, não deixe de conferir nosso post de hoje, com dicas exclusivas que certamente ajudarão você a organizar o seu cantinho dos sonhos.

Invista em móveis planejados

Não sabe como obter mais espaço em seu apartamento pequeno? Uma maneira bastante prática e eficaz, é investir no uso de móveis planejados. Esse é o caso dos dormitórios e da cozinha, ambientes essenciais em nosso dia a dia e que exigem um pouco mais de cuidado na hora da composição.

Ao utilizar uma mobília feita sob medida, você terá a oportunidade de otimizar o cômodo. Isso quer dizer que todas as peças serão desenvolvidas exclusivamente para cada ambiente, com o objetivo de aproveitar, ao máximo, cada centímetro, até alcançar um resultado esteticamente interessante e prático.

Na cozinha, por exemplo, é possível desenvolver armários, gabinetes e suportes para armazenar os seus utensílios e eletrodomésticos. Caso você esteja com o orçamento apertado, uma boa saída é tirar as próprias medidas do cômodo e procurar um profissional especialista em marcenaria — e garantimos que o resultado será incrível!

Preste atenção ao teto

Na hora de decorar um apartamento pequeno, a maioria das pessoas dão mais atenção aos móveis e outros detalhes capazes de influenciar na circulação do cômodo. No entanto, você sabia que o teto também merece um cuidado especial nesse tipo de projeto?

O ideal, é que os ambientes com metragens reduzidas tenham o pé direito mais alto, o que ajuda a aumentar a sensação de amplitude do espaço — e, até mesmo, oferece alguns centímetros a mais para quem deseja utilizar prateleiras e estantes.

Portanto, evite rebaixar o teto, utilizando procedimentos de forro de gesso. Em vez disso, instale luminárias de trilho, que são modernas, oferecem boa iluminação e dispensam a necessidade do clássico forro de gesso.

Utilize um único revestimento para o piso

Outra sugestão é escolher apenas um tipo de revestimento para o piso dos cômodos. Em outras palavras, você utilizará o mesmo material para o chão da cozinha, da sala de estar e, inclusive, dos dormitórios. Além desse recurso ser extremamente acessível e prático, ele elimina a demarcação entre um cômodo e outro, permitindo que os ambientes se unifiquem e transmitam a sensação de amplitude.

Mas não se desespere, pois existem algumas opções que podem ser aplicadas tranquilamente em vários cômodos. Se você gosta de um estilo de decoração industrial, uma boa pedida é apostar no piso de cimento queimado. Existe também, o porcelanato, que pode ser utilizado em qualquer espaço e conta com uma ótima resistência contra umidade e produtos químicos.

Lembre-se, também, de optar por uma tonalidade de piso que seja mais clara, como o cinza, o branco ou o bege. Fica lindo!

Aposte em modelos exclusivos de cama

De um jeito ou de outro, a cama sempre ocupará um bom espaço no dormitório. Por essa razão, muitas marcas de design e decoração estão desenvolvendo modelos de cama capazes de otimizar as medidas de um ambiente.

Isso acontece com os modelos com baú interno, as dobráveis ou, também, aquelas com gavetas embaixo do colchão. Em um apartamento pequeno, elas são excelentes, servindo para guardar uma série de itens e, com isso, liberar um bom espaço do chão.

Viu só? Existem inúmeras técnicas exclusivas para quem mora em um apartamento pequeno e deseja ter mais conforto no dia a dia. Basta seguir essas dicas que, em pouco tempo, você conseguirá conquistar ótimos resultados.

Fonte: blog.rni.com.br

Compartilhar