Telefone
São Paulo (11) 3191-5000

A OMA na mídia

Guia completo sobre manutenção elétrica

Realizar a manutenção elétrica periódica de uma residência, empresa ou condomínio é uma tarefa fundamental para ter certeza de que todos os equipamentos eletrônicos estão funcionando corretamente, com a segurança necessária para o bem-estar de todos.
Para isso, sempre que houver desconfiança a respeito do funcionamento inadequado de qualquer sistema elétrico, é importante fazer a checagem de modo a prevenir situações perigosas e confirmar que tudo esteja adequado para utilização.
Caso contrário, o ideal é providenciar os reparos imediatamente para não correr risco de choques elétricos. E, nesse momento, é importante lembrar que por ser um processo que exige conhecimentos específicos, o ideal é chamar um profissional ou empresa de manutenção elétrica especializada para ajudar. Não à toa, os eletricistas de manutenção estão entre os prestadores de serviços mais procurados.
De qualquer maneira, é interessante para qualquer pessoa saber um pouco mais a respeito dos aparelhos e sistemas eletrônicos, bem como sua manutenção, afinal, eles estão por toda parte, integrando e facilitando nosso cotidiano de diversas maneiras, não é mesmo?
Mas não se preocupe: neste guia, você será capaz de entender a importância da manutenção elétrica, qual a periodicidade correta para conferir o sistema e aprenderá quais são os principais problemas que podem ser prevenidos com a manutenção adequada. Confira!
Afinal, qual a importância da manutenção elétrica?
 
image.png
A manutenção elétrica é fundamental como medida de precaução para as instalações, assim como para o bom funcionamento de todos os equipamentos eletrônicos instalados, evitando que aconteça o desgaste dos aparelhos antes do tempo desejado.
Para isso, os técnicos monitoram, medem e consertam os componentes do sistema de modo a permitir que eles continuem trabalhando sempre da maneira mais eficiente possível. Além disso, essa prática é importante para consertar pequenos defeitos antes que se tornem problemas maiores.
É realizada a manutenção de grandes equipamentos (no caso de indústrias e grandes edifícios) bem como a verificação de quadros, disjuntores, interruptores, lâmpadas, fiações e outros componentes importantes, de modo a garantir que os aparelhos eletrônicos sejam seguros para o manuseio.
Dessa forma, a realização de manutenções elétricas periódicas é uma boa maneira de garantir que tudo continuará funcionando, principalmente em locais que utilizam bastante equipamentos eletrônicos, como condomínios, empresas de serviços e alguns setores industriais.
Esse tipo de verificação evitará que possíveis problemas sejam encontrados apenas quando houver necessidade de reparos, de modo a prevenir danos materiais e garantir a segurança das pessoas.
Como estabelecer uma periodicidade para a manutenção elétrica?
image.png
É difícil estabelecer uma periodicidade correta para a realização de manutenções elétricas. Além disso, tudo vai depender do tipo de uso do imóvel em questão.
Para uso industrial, por exemplo, a manutenção elétrica é constante, já que o funcionamento adequado do maquinário é crucial para a produção e falhas elétricas podem causar prejuízos de grande ordem (podendo chegar a milhões de reais).
Assim, grandes empresas contam com equipes especializadas (e geralmente próprias) para realizar essa manutenção praticamente em tempo real, monitorando cada equipamento, seu desempenho e possíveis defeitos.
Em residências e comércios, tudo vai depender de como o imóvel está sendo utilizado. Recomenda-se, por exemplo, que pessoas que estão adquirindo ou alugando um imóvel solicitem a manutenção elétrica do local para garantir que encontrarão condições adequadas para ocupação.
Além disso, é desejável a realização de uma manutenção elétrica a cada 10 anos em imóveis unifamiliares e que não possuem grande utilização de equipamentos elétricos, ou seja, que utilizem eletrodomésticos comuns e sem qualquer especificação adicional.
Tipos de manutenção elétrica
Existem três tipos principais de manutenção elétrica: preditiva, corretiva e preventiva. Cada uma delas serve a um objetivo específico e é utilizada para atender a determinadas demandas. Conheça agora um pouco mais sobre cada tipo:
Manutenção elétrica corretiva
image.png
Acontece quando o sistema elétrico já está com um problema e precisa de reparos imediatos, sendo o tipo de manutenção elétrica mais urgente, realizado apenas quando há riscos iminentes para a segurança dos usuários da edificação e/ou de perdas materiais importantes.
Aqui, duas condições podem ser determinantes para a necessidade de correção. A primeira é quando, por meio do monitoramento realizado pela equipe de manutenção elétrica preditiva, foi identificado um problema em algum sistema ou equipamento específico. Assim, será feita a correção com base nos dados já identificados.
A segunda ocorre quando não se sabe exatamente onde está o problema, porém há algo fora do normal. Além do setor industrial, essa é uma situação comum também em residências e comércios, sendo um ótimo motivo para chamar um profissional ou empresa de manutenção elétrica para realizar essa prestação de serviço e auxiliar a corrigir o defeito.
O trabalho do técnico será o de realizar uma inspeção minuciosa no sistema a fim de encontrar qual o motivo do problema e realizar os reparos da maneira mais eficiente possível, sem maiores complicações aos usuários.
Manutenção elétrica preventiva
manutenção elétrica
O tipo de manutenção elétrica ideal, já que é capaz de encontrar possíveis defeitos antes mesmo que eles causem qualquer conflito maior — fazendo com que tudo permaneça na mais perfeita ordem.
Aqui, verifica-se o funcionamento dos equipamentos instalados, bem como a presença de fios mal encapados, desgastes relacionados ao uso inadequado dos objetos, entre outros contratempos comuns.
Quando detectado o problema, é necessário realizar a troca dos componentes que apresentam algum defeito. O profissional ou empresa de manutenção elétrica responsável deverá fazer uma lista com todos os pontos observados de modo a compreender a melhor maneira de fazer o reparo.
Diferente da manutenção corretiva, os problemas aqui encontrados serão pequenos e de mais fácil resolução, já que não causaram danos ao sistema. Assim, os gastos com a manutenção preventiva também são inferiores, por tratar-se de um método que evita que aconteçam panes e perdas, em vez de remediar a situação quando já não há outra solução.
Manutenção elétrica preditiva